Início Destaque Caminhão perde o freio, tomba e atinge motociclista na Avenida da Saudade, em Presidente Prudente

Caminhão perde o freio, tomba e atinge motociclista na Avenida da Saudade, em Presidente Prudente

219
Acidente ocorreu na tarde desta terça-feira (10), no Jardim Caiçara. Vítima, de 46 anos, foi socorrida e encaminhada ao Hospital Regional para receber atendimento médico.

U m motociclista, de 46 anos, ficou ferido em decorrência de acidente de trânsito na tarde desta terça-feira (10), na Avenida da Saudade, no Jardim Caiçara, em Presidente Prudente. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital Regional (HR) para receber atendimento médico.

O HR informou que o paciente deu entrada no Pronto-socorro e foi atendido pela equipe médica e de enfermagem. Ainda segundo o HR, seu estado de saúde é considerado estável.

De acordo com as informações da Polícia Militar, o caminhão descia a avenida, no sentido bairro–Centro, quando perdeu o freio, tombou e atingiu a motocicleta, que trafegava na pista contrária.

O motorista, de 34 anos, e seu ajudante, de 35 anos, que seguiam no caminhão não ficaram feridos.

Ainda segundo a PM, o motociclista sofreu fratura em um dos pés.

A perícia foi acionada para comparecer ao local e apurar as causas do acidente.

Caminhão tombou na Avenida da Saudade (Foto: Gabriel Tibaldo/G1)Caminhão tombou na Avenida da Saudade (Foto: Gabriel Tibaldo/G1)

Caminhão tombou na Avenida da Saudade (Foto: Gabriel Tibaldo/G1)

Outro tombamento

No dia 29 de junho, um motociclista, de 49 anos, morreu vítima de acidente de trânsito em outro trecho da Avenida da Saudade, na rotatória no cruzamento com a Avenida Joaquim Constantino, no bairro Cidade Universitária, em Presidente Prudente. O trecho afetado fica sob um viaduto da Rodovia Raposo Tavares (SP-270).

Comentários

comentários

Carregar mais em Destaque

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Centrão chega a acordo para apoiar Alckmin

A aliança deve mudar a correlação de forças da eleição, dando a Alckmin capilaridade e o m…