Início Região Diagnósticos de câncer de pele mais do que dobram no Hospital Regional em 2017

Diagnósticos de câncer de pele mais do que dobram no Hospital Regional em 2017

21

Até outubro deste ano, já foram feitos 1.134 registros da doença na unidade de saúde, em Presidente Prudente. Em 2016, houve 537 casos em 12 meses.

Os diagnósticos de câncer de pele realizados neste ano pelo Hospital Regional (HR), em Presidente Prudente, mais do que dobraram em comparação com 2016. Durante todo o ano passado, foram diagnosticados 537 casos pela unidade de saúde. Em 2017, já foram 1.134 registros até outubro.

No Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), todos os anos surgem mais de 176 mil casos de câncer da pele, considerado o de maior incidência no país.

Por meio da campanha “Dezembro Laranja”, que visa à conscientização para a prevenção do câncer de pele, o Hospital Regional realizou neste sábado (2) um mutirão de atendimentos dermatológicos para pacientes da cidade e da região, sem a necessidade de agendamento prévio.

A ação, que ocorreu no ambulatório do HR, contabilizou mais de 450 atendimentos, entre triagem, diagnósticos diversos e pequenos procedimentos cirúrgicos. O “Dezembro Laranja” é uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Conscientizar e tratar

De acordo com o dermatologista do HR Murilo Carapeba, um dos responsáveis pela campanha, a ação pretende oferecer acesso assistencial à comunidade em geral, sobretudo, a respeito dos cuidados dermatológicos. “Conscientizar e tratar o problema. São estes os principais focos desta campanha”, ressaltou.

A respeito da quantidade, o especialista mencionou que o objetivo em 2017 é superar o montante do ano passado, que registrou 500 atendimentos. “As amplas divulgações, juntamente com os casos crescentes de problemas, fizeram deste momento um sucesso”, citou.

Para o aposentado Roberto Guimarães dos Santos, de 61 anos, que pela primeira vez passou por consulta dermatológica, a oportunidade possui grande importância e deve ser aproveitada por todos. “Muito prático e rápido. Passei por consulta e ainda recebi um protetor solar”, expôs.

Do G1

Comentários

comentários

Carregar mais em Região

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

A suposta imagem que circula sobre o ataque de piranhas em Epitácio é de 2016

Para esclarecimentos sobre o possível ataque de piranhas no parque o Figueiral, uma imagem…