Início Destaque Freiras colombianas são acusadas de torturar 65 crianças

Freiras colombianas são acusadas de torturar 65 crianças

107
As crianças tiveram as mãos queimadas e suas cabeças enfiadas na privada

D uas freiras foram detidas por torturar 65 crianças que se encontravam ao seu cuidado. Elas queimaram as mãos e forçaram suas cabeça para dentro de privadas.

O caso ocorreu em Popayan, no departamento de Cauca, na Colombia. Ines Perez, diretora do lar de acolhimento, e a sua colega Rosa Elvira Trochez Joaqui foram detidas na sequência de uma investigação policial, conta o The Sun.

As autoridades tinham sido alertadas para possíveis maus- tratos no local, por vizinhos que testemunharam ouvir, por diversas vezes, gritos e choros de crianças, vindos do lar.

Os investigadores descobriram que os jovens sofriam tortura física e psicológica por parte das freiras. As mulheres foram acusadas de tortura agravada e negaram todas as acusações.

O lar já tinha sido encerrado anteriormente devido a queixas de maus-tratos, mas tinha sido autorizado a reabrir. Segundo a diretora, uma das acusadas, não recebiam qualquer apoio ou recursos para ajudar as crianças que o lar acolhia.

As crianças estão agora ao cuidado do Instituto Colombiano de Bem-Estar Familiar.

Notícias ao Minuto

Comentários

comentários

Carregar mais em Destaque

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Lideranças dos caminhoneiros dizem que país vai virar um caos nesta sexta-feira (25)

Paralisação segue por tempo indeterminado em todo o Brasil O presidente da Associação Bras…