Início Cidade Funcionários do JUIZADO ESPECIAL da cidade de Presidente Epitácio/SP receberam o “Diploma Ramos de Azevedo”

Funcionários do JUIZADO ESPECIAL da cidade de Presidente Epitácio/SP receberam o “Diploma Ramos de Azevedo”

204

 

Solenidade aconteceu no dia 28 de novembro de 2017 no Palácio da Justiça/São Paulo-SP.

Ramos de Azevedo foi um renomado arquiteto e sua ligação com o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo se justifica, pois, foi  seu escritório o responsável pelo Palácio da Justiça, considerado uma construção pioneira, de grande valor arquitetônico e interesse cultural.

O diploma foi instituído em comemoração aos 80 anos de fundação do Palácio, e é concedido aos cidadãos que tenham prestado relevantes serviços ao judiciário do estado São Paulo.

A premiação é justificada pelo ótimo desempenho do cartório no corrente ano, pelo qual foram outorgados dois ‘selos ouro’ no Programa Judiciário Eficiente, instituído pelo TJSP, devido aos números altíssimos alcançados com relação a produtividade e desempenho de seus funcionários, o cartório ficou entre os 10 melhores do estado, sendo o único agraciado dentro da 5ª R.A.J – Região Administrativa Judiciária, com sede em Presidente Prudente/SP, que engloba uma grande extensão territorial.

É uma conquista coletiva, fruto de um excelente trabalho em equipe e representando o cartório estiveram os funcionários, Paulo Ricardo Jakibalis, escrevente técnico judiciário, deficiente visual completo, e Fernando Mantovani Leandro, chefe de seção judiciaria.

 

Destacam os funcionários que é missão de cada um prezar para que seja o TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO reconhecido nacionalmente como um Tribunal moderno, célere e tecnicamente diferenciado, tornando-se um instrumento efetivo de Justiça, equidade e paz social.

Comentários

comentários

Carregar mais em Cidade

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Jovem de 17 anos morre ao sofrer choque elétrico em celular ligado na tomada

Garota foi encontrada desacordada pela avó. Os fones do aparelho, que estavam nos ouvidos,…