Início Economia JBS tem lucro líquido de R$ 506,5 milhões no primeiro trimestre

JBS tem lucro líquido de R$ 506,5 milhões no primeiro trimestre

143
Resultado é 43,5% maior que o mesmo período do ano passado; a receita líquida da empresa no trimestre chegou a R$ 39,8 bilhões

A JBS S.A, maior processadora de proteína animal do mundo, fechou o primeiro trimestre de 2018 com lucro líquido de R$ 506,5 milhões, crescimento de 43,5% em relação ao resultado apresentado no mesmo período de 2017.

A receita líquida da empresa no trimestre chegou a R$ 39,8 bilhões, aumento de 5,8% em comparação ao apresentado há um ano. O lucro bruto avançou 16,5%, passando de R$ 4,4 bilhões no primeiro trimestre de 2017 para R$ 5,1 bilhões nos três primeiros meses de 2018. “Fechamos mais um trimestre de números sólidos, consistentes e que demonstram nossa capacidade de superação”, afirmou José Batista Sobrinho, CEO Global da JBS.

 

A dívida líquida da companhia teve redução de R$ 2,3 bilhões no período, o que corresponde a um decréscimo de 4,8%. Além disso, a liquidez total da empresa chegou a R$ 15,1 bilhões, superior em R$ 2,1 bilhões ao seu endividamento de curto prazo. “A firme melhora em nossos indicativos de saúde financeira, trimestre após trimestre, demonstra a nossa determinação permanente. Além disso, o acordo de normalização da dívida de curto prazo no Brasil, com extensão do prazo em três anos, anunciado hoje, demonstra a confiança das instituições financeiras na gestão da Companhia e contribui para uma significativa extensão do prazo médio de vencimento das nossas dívidas, assegurando a liquidez financeira e a continuidade do bom desempenho operacional”, disse José Batista Sobrinho.

Do Estadão conteúdo

 

Comentários

comentários

Carregar mais em Economia

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

CCZ registra 7 casos de leishmaniose em humanos na cidade de Presidente Epitácio

Órgão diz que falta de cuidado da população é um dos motivos; Saúde municipal, no entanto,…