Início Mundo Jogador é preso acusado de estuprar e matar enteado de 5 anos

Jogador é preso acusado de estuprar e matar enteado de 5 anos

679
O atleta argentino confessou o crime durante seu trajeto para o velório da criança

O jogador argentino Gonzalo “Chino” Aguirre foi preso nesta quinta-feira (10/5) acusado de estuprar e matar o enteado de 5 anos. O caso ocorreu em Grand Bourg, a 36 quilômetros de Buenos Aires, capital do país.

Aguirre é jogador pelo Atlético Defensores de Belgrano. As denúncias contra ele teriam sido omitidas pela mãe da vítima, Evelyn Brites, que declarou à polícia que os acontecimentos se trataram de um acidente. Em um dos casos, ela alegou ao médico que o filho teria caído durante o banho.

Porém, após investigações, foi provado que o atleta é o responsável pelas injúrias contra a criança. Além de ter sido violada inúmeras vezes, segundo a autópsia, o menino teria sofrido espancamentos.

O rapaz de 22 anos foi preso durante seu trajeto ao velório do enteado. Diante dos argumentos contra ele, Aguirre confessou os crimes. O time responsável pela contratação do jogador, atuante pelo clube na série B Metropolitana, não comentou a prisão. As informações são do jornal argentino Clarín.

Comentários

comentários

Carregar mais em Mundo

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Lideranças dos caminhoneiros dizem que país vai virar um caos nesta sexta-feira (25)

Paralisação segue por tempo indeterminado em todo o Brasil O presidente da Associação Bras…