Início Política Polícia Federal pede quebra do sigilo telefônico de Temer, Moreira e Padilha

Polícia Federal pede quebra do sigilo telefônico de Temer, Moreira e Padilha

20
Pedido feito ao ministro do STF Edson Fachin se refere ao inquérito que apura suposto pagamento de R$ 10 milhões ao PMDB combinado em jantar no Palácio do Jaburu, em 2014

A Polícia Federal (PF) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a quebra do sigilo telefônico do presidente Michel Temer e de seus ministros mais próximos, Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Minas e Energia), referente ao ano de 2014, informa o jornal O Globo.

O objetivo é aprofundar a investigação sobre o pagamento de R$ 10 milhões que teria sido feito pela Odebrecht ao PMDB e acertado em um jantar no Palácio do Jaburu, residência oficial de Temer, naquele ano.

O pedido da PF, protocolado sob sigilo, chegou ao gabinete do ministro Edson Fachin, do STF, no fim de março, de acordo com fontes do Supremo. O relator pediu a opinião da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que se posicionou contra a quebra do sigilo. Os autos foram devolvidos ao gabinete de Fachin há duas semanas.

Comentários

comentários

Carregar mais em Política

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Uso de imunoterapia contra câncer avança, apesar de custos e limitações

Um das ressalvas é que o método ainda se mostra eficaz só para cerca de 20% dos pacientes …