Início TECH Vida extraterrestre: empresa quer chegar a Saturno antes da NASA

Vida extraterrestre: empresa quer chegar a Saturno antes da NASA

12

Caso realmente se confirme que existe vida em Encélado, uma lua natural de Saturno, será algo à escala microbiana

Uma empresa privada pode chegar a Encélado, uma lua natural de Saturno, primeiro que a NASA. Isso porque no local pode haver oceanos subterrâneos sob a sua crosta congelada – águas essas que poderiam ter temperaturas favoráveis à existência de algum tipo de vida.

De acordo com o Canal Tech, caso realmente se confirme que existe vida em Encélado, será algo à escala microbiana. Mas ainda assim, este seria um marco sem precedentes na história do nosso universo.

A Breakthrough Prize, fundação lançada em 2015 pelo milionário russo Yuri Milner, com a ajuda do astrofísico Stephen Hawking e do fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, tem como foco o objetivo declarado de procurar vida extraterrestre.

Desde os tempos do SETI, programa lançado nos anos 80, e das sondas gémeas Voyager, que a NASA procura sinais de vida extraterrestre – e inúmeras missões da agência espacial norte-americana têm procurado desde então algum indício que nos permita saber se estamos ou não sozinhos no Universo.

Enquanto os projetos da NASA consideram a possibilidade de se perfurar a superfície do satélite até que as sondas atinjam a camada oceânica, o projeto da Breakthrough Prizeirá analisar o apenas o conteúdo da água “cuspida” para o espaço pelos géiseres recentemente descobertos na superfície do satélite.

Em 2015, dados da sonda Cassini, da NASA, revelaram a presença de moléculas de hidrogênio no líquido expelido por estes géiseres, e isso poderia ser um sinal de que as águas de Encélado seriam favoráveis à existência da vida como a conhecemos.

Tudo indica que a agência espacial norte-americana não conseguirá chegar à lua de Saturno na próxima década – caso em que o projecto de Yuri Milner poderia desbravar o caminho e ajudar a NASA em missões posteriores.

Notícias ao Minuto

Comentários

comentários

Carregar mais em TECH

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

A suposta imagem que circula sobre o ataque de piranhas em Epitácio é de 2016

Para esclarecimentos sobre o possível ataque de piranhas no parque o Figueiral, uma imagem…