Início Região Abrigo público terá capacidade para acolher 500 animais abandonados em Presidente Prudente

Abrigo público terá capacidade para acolher 500 animais abandonados em Presidente Prudente

71
Obras de construção da unidade já foram iniciadas em uma área no km 7 da Rodovia Júlio Budiski (SP-501) e estão orçadas em R$ 937.740,55.

A  s obras de construção de um abrigo público municipal destinado a animais abandonados em Presidente Prudente já tiveram início em uma área localizada no km 7 da Rodovia Júlio Budiski (SP-501) e a previsão é de que estejam concluídas até o fim deste ano.

Os serviços estão sob a responsabilidade da empresa Ação Ambiental Engenharia Ltda., vencedora da licitação, com recursos na ordem de R$ 937.740,55, provenientes do Fundo Municipal do Meio Ambiente e do Ministério Público Estadual.

Além das baias para acolher temporariamente aproximadamente 500 animais, entre cães e gatos, o abrigo também contará com uma clínica especializada para tratar os bichos que necessitarem de cuidados veterinários.

Segundo o prefeito Nelson Roberto Bugalho (PTB), é fundamental entender que o local não será um “depósito de animais”.

“Será um espaço para recepcionar esses cães e gatos que estejam vulneráveis, precisando de acolhimento ou tratamento. Depois de tratados, eles deverão ser encaminhados para adoção”, ressaltou.

“Por isso, vamos precisar e muito do envolvimento da sociedade civil, pois o município sozinho não vai dar conta de manter esse novo serviço”, ponderou.

Obras estão orçadas em mais de R$ 900 mil — Foto: SecomObras estão orçadas em mais de R$ 900 mil — Foto: Secom

Obras estão orçadas em mais de R$ 900 mil — Foto: Secom

 

Segundo a presidente da Rede ProAnimal Prudente, Valéria de Jesus Ribeiro, a construção é “resultado de uma luta de muitos anos” e trará dignidade a animais acidentados, vítimas de violência, fêmeas com filhotes e outros perfis de bichos abandonados.

“Muitas vezes, tenho que tirar do bolso para oferecer tratamento a eles, mas, dependendo do caso, esses animais precisam de acompanhamento permanente e nosso grupo não tem condições de oferecer isso. São em situações assim que o abrigo vai ser de grande utilidade”, comentou.

Para gerenciar o estabelecimento e também cuidar de outros assuntos relacionados, o prefeito irá encaminhar à Câmara Municipal um projeto de lei para instituir uma Diretoria de Proteção e Bem-estar Animal, por meio de reestruturação administrativa.

Obras estão orçadas em mais de R$ 900 mil — Foto: SecomObras estão orçadas em mais de R$ 900 mil — Foto: Secom

Obras estão orçadas em mais de R$ 900 mil — Foto: Secom

 

Do G1

Comentários

comentários

Carregar mais em Região

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Artesp abre processo contra a Cart com multas que podem chegar a R$ 85 mil por problemas na Rodovia Raposo Tavares

Blitz Olho Vivo, realizada pela agência, identificou que a concessionária não solucionou 4…