Bolsonaro manda apurar por que Butantan cobra o dobro pela Coronavac

Presidente vai mandar documentos para apuração na CGU e na Justiça

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta quinta-feira (22) que chegou à Presidência da República documentos em que a vacina chinesa Sinovac, que no Brasil foi rebatizada de Coronovac, foi oferecida a US$5 a dose. Ao ser produzida no instituto Butantan, do governo de São Paulo, o valor dobrou, para 10.

Ele afirmou também, em sua live, que o governo federal vai acionar a Controladoria Geral da União (CGU), para providência, e que o caso será levado também à Justiça para investigar o porquê dessa diferença de preço.

O valor de dez dólares por dose da vacina do Butantan foi fixada pelo próprio governador de São Paulo, João Doria (PSDB), como ele próprio admitiu em conversa com o Diário do Poder. Apesar disso, na ocasião, não gostou que sua declaração tenha sido publicada.

Por Diário do Poder

Mostrar mais artigos relacionados
Mostrar mais em Política
.