Início Região Campanha de vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira em Presidente Prudente

Campanha de vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira em Presidente Prudente

71
Imunização será realizada em etapas e o primeiro grupo abrange os profissionais de saúde e as pessoas com 60 anos ou mais de idade. Ação segue até o dia 1º de junho.

A 20ª campanha nacional de vacinação contra a gripe está prevista para começar nesta segunda-feira (23). Em Presidente Prudente a imunização será realizada em etapas, sendo que a primeira abrange profissionais de saúde e as pessoas com 60 anos ou mais de idade, conforme informou a Secretaria Municipal de Comunicação (Secom).

Até o dia 1º de junho de 2018, a campanha tem como grupo alvo: crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas, trabalhador de saúde, professores, indígenas, indivíduos com 60 anos ou mais de idade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Como a entrega da vacina “Influenza” neste momento é parcelada, a campanha será realizada nas seguintes etapas:

  • A partir do dia 23 de abril: profissionais de saúde e as pessoas com 60 anos ou mais de idade;
  • A partir do dia 2 de maio: crianças entre seis meses e menores de cinco anos de idade, gestantes e puérperas;
  • A partir do dia 9 de maio: comorbidades, professores e os privados de liberdade.

A gripe é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório de elevada transmissibilidade e distribuição global. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.

É importante que a população tenha como hábito a higienização das mãos com água e sabão, e que carregue consigo um frasco de álcool gel, caso não consiga lavar as mãos, e que ao espirrar e tossir use o antebraço ao invés das mãos ou tampe o nariz com lenço descartável (etiqueta respiratória). É interessante evitar locais fechados e aglomerados.

A complicação da influenza, que mais frequentemente leva a hospitalização e a morte é a pneumonia, que pode ser causada pelo próprio vírus ou por infecção bacteriana. A maioria das mortes em população não vacinada ocorre em idosos. As maiores taxas de hospitalizações são em crianças menores de cinco anos. Em relação ao risco de complicações é muito alto em gestantes, principalmente no terceiro trimestre de gestação.

Portanto é muito importante a população que pertence aos grupos prioritários procure qualquer unidade de saúde que tenha sala de vacina para se imunizar. A prevenção é a melhor opção.

Presidente Prudente, neste momento, consta com dois casos suspeitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Do G1

Comentários

comentários

Carregar mais em Região

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Sem Lula, Bolsonaro lidera corrida presidencial com 20%, diz Ibope

Candidato do PSL é seguido por Marina Silva (12%), Ciro Gomes (9%) e Geraldo Alckmin (7%);…