Início Cidade Confirmado: 3,5% de aumento salarial para os servidores municipais de Epitácio

Confirmado: 3,5% de aumento salarial para os servidores municipais de Epitácio

331
Para o Sindicato este seria o quinto ano sem aumento, perfazendo um total de 19,68% de perdas salariais somente na inflação oficial

Em reunião realizada nesta quarta-feira, dia 9, no gabinete da prefeita Cassia Furlan (PSB), ficou definido que o aumento salarial fica mesmo nos 3,5% e o mesmo índice de aumento no ticket alimentação que passa dos R$ 300,00 para R$ 310,00. A reunião foi entre membros da diretoria do Sindserpe – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Presidente Epitácio, à frente o presidente Claudio Pereira dos Santos e o vice-prefeito José Carlos Botelho Tedesco (PV) com os secretários Marcos Ota das Finanças e Hermelindo Villalba da Administração.


Tedesco foi enfático ao afirmar que a folha de pagamento da Prefeitura atinge com este aumento o percentual de 52.77% da arrecadação e que o percentual providencial é de até 52%. “Com o aumento do salário mínimo em janeiro muitos servidores tiveram reposição salarial e a folha subiu substancialmente e elevou o índice providencial”, disse.
Por várias vezes o presidente Claudio Pereira e membros do Sindicato falaram das promessas de campanha de valorização dos servidores e ainda que no ano passado (2017) quando a prefeita não deu aumento nenhum, também foi prometido que daria pelo menos R$ 50,00 reais de aumento no ticket alimentação este ano (2018) e outros R$ 50,00 em 2019.
O secretário Ota disse que por motivos de ainda não ter pago totalmente as dividas da administração passada não poderia dar aumento este ano no ticket alimentação. “Enquanto não pagar todas as dividas da prefeitura não poderemos dar aumento no cartão alimentação”, disse Ota.

 


A diretoria do sindicato questionou ainda porque foi dado um grau de aumento na tabela de cargos e salários somente aos encarregados efetivos e com isso aumentou o percentual providencial da folha prejudicando todos os outros servidores.
O vice-prefeito Tedesco explicou que no inicial da gestão foram tirados dos encarregados três graus e este ano foi dado apenas um grau, graças ao enxugamento de toda a folha.
Indignação
Para o presidente do Sindserp, Claudio Pereira, toda a categoria está indignada com este pequeno aumento. Pontuou que de pois de quatro anos todos esperavam a tão sonhada valorização dos servidores prometida em palanque eleitoral.

Informações Nelson Roberto/Facebook

Comentários

comentários

Carregar mais em Cidade

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Sem Lula, Bolsonaro lidera corrida presidencial com 20%, diz Ibope

Candidato do PSL é seguido por Marina Silva (12%), Ciro Gomes (9%) e Geraldo Alckmin (7%);…