Início Destaque Entenda o que são e para que servem os bots nas redes sociais

Entenda o que são e para que servem os bots nas redes sociais

12
Pesquisa aponta que apenas um terço dos brasileiros sabem o que são bots

P esquisa da Avast revelou que 36% dos brasileiros desconhecem bots nas redes sociais e 30,44% já ouviram falar a respeito, porém, não sabem exatamente para que servem. Usuários precisam estar atentos para evitar bots, que podem ser criados para disseminar notícias falsas nas redes sociais, tentando manipular a opinião das pessoas, especialmente nas eleições.

O Brasil está na contagem regressiva para as eleições do próximo domingo (28), quando será decidido quem será o futuro presidente do país. Este segundo turno ainda vai eleger governadores para vários estados brasileiros e Distrito Federal.

Fatos sobre a disseminação de informações políticas falsas nas redes sociais têm sido amplamente discutidas. A Avast, líder global em produtos de segurança digital, divulgou recentemente dados de sua pesquisa que abordou a opinião dos brasileiros sobre os impactos das notícias falsas nos resultados das eleições. O levantamento revelou que ao serem questionados sobre a veracidade das notícias que circulam nas plataformas sociais, 75% dos entrevistados disseram não ter sempre certeza de que as informações são realmente verdadeiras.

A Avast também questionou os participantes da pesquisa sobre os bots nas redes sociais. Surpreendentemente, apenas 33,49% dos brasileiros afirmaram saber o que são e para que servem os bots. Contudo, 36% dos entrevistados disseram desconhecer o tema e 30,44% já ouviram falar a respeito, porém, não sabem exatamente a função dos bots nas plataformas sociais.

Considerados softwares (robôs), os bots são utilizados para tornar automáticas e eficientes determinadas tarefas repetitivas no mundo virtual. Uma delas é a coleta de informações relevantes na web, por meio de pesquisas com palavras-chave e hashtags, com o objetivo de ajudar os usuários.

No entanto, os bots também têm chamado a atenção de pessoas mal intencionadas que podem utilizá-los de forma indevida, para minerar dados dos usuários na internet e, especialmente em época eleitoral, fornecer informações falsas para tentar manipular a opinião das pessoas. Para isso, criam contas automatizadas que imitam o comportamento do ser humano e chegam a fazer posts, acompanhar outras contas e até interagir com pessoas reais nas redes sociais.

Ainda segundo a pesquisa da Avast, a maioria dos brasileiros (68,67%) disseram que as notícias ou comentários específicos nas redes sociais podem, geralmente, influenciar a opinião política de alguém com relação a um partido político ou um candidato. O estudo mostrou ainda que 67,58% dos entrevistados não seguem candidatos ou partidos políticos nas redes sociais.

Com o uso de inteligência artificial, tem sido cada vez mais difícil reconhecer se a conta do usuário é de um bot (robô) ou de uma pessoa real. Uma boa dica para evitar que bots maliciosos se infiltrem na rede social do usuário, é não aceitar solicitações de amizade de desconhecidos.

Metodologia da pesquisa

Duas diferentes pesquisas com brasileiros foram conduzidas pela Avast em julho de 2018. Uma delas reuniu 1.280 entrevistados, enquanto participaram da outra 1.000 brasileiros.

Notícias ao Minuto

Comentários

comentários

Carregar mais em Destaque

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Justiça põe Haddad no banco dos réus por R$ 2,6 mi de empreiteira

A  Justiça de São Paulo abriu ação penal contra o ex-prefeito Fernando Haddad(2013/2016) p…