Início Cidade Guayporé recebe escoteiros de Presidente Epitácio

Guayporé recebe escoteiros de Presidente Epitácio

119

A garotada corria em direção ao ônibus que se aproximava da entrada da sede do grupo de escoteiros Guayporé, na Cidade da Criança, em Presidente Prudente. Essa foi a cena que deu início ao dia de atividades e intercâmbio entre o grupo da cidade e os escoteiros Gemar Epitácio Pessoa, de Presidente Epitácio. Com apenas um ano de fundação, a equipe foi recebida para um sábado marcado pelo acolhimento e atividades de socialização.

Conforme informações do diretor-presidente do grupo Guayporé, Marcelo Costilho, a troca de experiências tem como objetivo promover um ambiente de amizade e comemorar o primeiro ano de formação do grupo de Epitácio. “Somos padrinhos deles, que são os únicos da região a serem classificados como a categoria do mar”.

Marcelo salienta que dentre as atividades estavam a recepção com o café da manhã, visita ao planetário com apresentação do parque e cerimônias internas durante toda a tarde. O encerramento foi por volta das 17h. “Nosso grupo conta com 200 escoteiros e todos se sentem gratificados em receber e orientar os colegas, que terão um bom trabalho pela frente”.

Já para o diretor-presidente do grupo Gemar Epitácio Pessoa, Aparecido Canhete, a visita e atividades em parceira com os padrinhos ser como estímulo e proporciona bem-estar às crianças. “Estamos muito felizes com o convite e viemos com um grupo de 26 crianças, que estavam ansiosas desde a saída em Presidente Epitácio. A ideia surgiu do diretor Marcelo e esse presente traz benefícios ao apresentar os fundamentos e princípios do ecotismo”, salienta.

O comissário do 30º Distrito de Escoteiros do Estado de São Paulo, Valdomiro Ferreira Lima, esteve presente no encontro e ressalta que a troca de experiências só “tem a somar”. “Aqui eles aprendem a crescer como pessoas, pois conhecer novos amigos é um enriquecimento em qualquer oportunidade”.

 

Intercâmbio

Ansiedade e aprendizado, foi assim que a estudante Sophie Luiz Cardia, 10 anos, definiu o dia de um verdadeiro intercâmbio. Há seis anos praticando as atividades do grupo de escoteiros de Presidente Prudente, a jovem afirma ser de “grande importância” a convivência com os visitantes. “Vamos praticar o respeito ao próximo, ensinar utilidades do dia a dia para a vivência nas diversas situações da vida, além de fazermos grandes amizades”, expõe.

Já para a jovem escoteira de Presidente Epitácio, Maria Eduarda Noronha Barroso, 13 anos, encontrar os novos amigos é uma oportunidade de se “tornar melhor”. “Estou desde o início no Gemar Epitácio Pessoa, há um ano, e me sinto muito bem ao realizar as atividades. Sei que no início será diferente, mas vai nos enriquecer como pessoas”.

O Imparcial

Comentários

comentários

Carregar mais em Cidade

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Abalado, Zé Gotinha de Maracaju não aguenta mais piadas da internet

Jovem que usou fantasia não quer mais falar sobre o assunto A pelidos não faltaram na inte…