Início Policial Laudo aponta que jovem encontrada morta em Jaú foi enforcada com a alça de sua bolsa

Laudo aponta que jovem encontrada morta em Jaú foi enforcada com a alça de sua bolsa

178
Mulher de 22 anos estava sem parte da roupa e com as mãos amarradas com a calcinha. Segundo a polícia, vítima estava há duas semanas na cidade e trabalhava como garota de programa. Suspeito foi detido e liberado após audiência de custódia.

A jovem de 22 anos que foi encontrada morta na tarde de terça-feira (4) em uma estrada de terra de Jaú (SP), no Jardim Padre Augusto Sani, morreu por asfixia por enforcamento causado pela alça de sua própria bolsa.

A informação consta no laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Jaú que fez a perícia no corpo de Bruna Vines Ribeiro, que vai informar ainda se a mulher também foi estuprada. Corpo tinha sinais de violência sexual.

Segundo a Polícia Civil, ela estava sem a parte de baixo da roupa, tinha as mãos amarradas com uma calcinha e a alça da bolsa estava enrolada em seu pescoço.

A vítima foi encontrada por um casal que passava pelo local. O caso é investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Bruna Vinis era natural de Bandeirantes (PR), onde será enterrada nesta quinta-feira (6).

Segundo a polícia, a jovem morava com o companheiro há 9 anos e havia oficializado a união em maio desse ano, mas rompeu o relacionamento e se mudou pra Jaú para morar com a irmã. Na cidade, as duas trabalhavam como garotas de programa, informou a polícia. Ela tinha duas filhas.

Do G1

Comentários

comentários

Carregar mais em Policial

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Preparem-se: verão terá temperaturas acima da média no Brasil

Média é de 31,5°C no trimestre dezembro, janeiro, fevereiro. El Niño ainda deve levar à oc…