Com o bloqueio de mais de RS 400 milhões em bens dos investigados, ação é a maior do ano em combate ao tráfico

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta segunda-feira (23), uma megaoperação em repressão ao tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro. São cumpridos 215 mandados judiciais, dos quais, 149 são de busca e apreensão e os outros 66, de prisão.

Além das buscas e prisões, os 670 policiais federais e 30 agentes da Receita Federal também dão cumprimento ao sequestro de bens dos alvos da ação, cuja cifra milionária ronda os R$ 400 milhões.

As ações ocorrem nos estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais, Bahia, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Rio Grande do Norte e Pernambuco.

Segundo a PF, as investigações tiveram início em 2017 quando foi identificada a ação de traficantes em portos de Santos, em São Paulo e no de Paranaguá, litoral paranaense. As drogas tinham como destino diversos países da Europa.

A Operação Entreprise é considerada a maior de 2020 no combate ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro e uma das maiores já realizadas pela Polícia Federal na apreensão de cocaína em portos brasileiros, segundo informa o órgão.

Diário do Poder

Mostrar mais artigos relacionados
Mostrar mais por Gazeta Ribeirinha
Mostrar mais em Brasil
.