Início Mundo Ministério da Defesa da Rússia reserva-se o direito de responder a ações hostis de Israel na Síria

Ministério da Defesa da Rússia reserva-se o direito de responder a ações hostis de Israel na Síria

21

O Ministério da Defesa da Rússia, que considera as ações de Israel na Síria hostis, descreve a demolição do avião russo como uma provocação deliberada.

O Ministério da Defesa da Rússia chamou ações provocativas de Israel na Síria de “hostil” e anunciou que se reserva o direito de responder de forma adequada, como disse o porta-voz da ONU, o major-general Igor Konashenkov, relata TASS.

Um serviço de Il-20 sinais de inteligência avião russo com soldados quinze a bordo desapareceu dos radares na segunda-feira durante um ataque de quatro F-16 da Força Aérea israelense contra alvos sírios na província de Latakia.

O exército israelense não se pronunciou sobre o assunto. “Não comentamos mensagens do exterior”, informou seu serviço de imprensa a pedido da agência Ria Novosti.

“Quinze soldados russos morreram por causa das ações irresponsáveis ​​de Israel na Síria”, diz um comunicado do Ministério, que acusa aviões israelenses de “deliberadamente criar uma situação perigosa” para navios de superfície e aeronaves na área.

Ao usar o avião russo como escudo, os pilotos israelenses “o colocaram sob o fogo da defesa aérea síria”, explica o ministério. Consequentemente, a IL-20, cuja “superfície reflexiva efetiva” é “muito maior” que a de um F-16, foi abatida por um míssil do sistema S-200.

Por RT em Espanhol

Comentários

comentários

Carregar mais em Mundo

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Engavetamento entre Assis e Echaporã deixa seis vítimas, uma delas fatal

Batida envolveu cinco veículos na tarde deste sábado, 15 U m grave acidente foi registrado…