Início Política New York Times corrige texto editorial de Lula

New York Times corrige texto editorial de Lula

68
Ex-presidente ganhou espaço para denunciar suposto ‘golpe de direita’ no Brasil

O jornal norte-americano New York Times corrigiu nesta sexta-feira (17) o texto de um editorial escrito pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no qual ele afirma que ‘ter sido condenado a 12 anos e um mês de prisão com base apenas nas declarações de um delator. “A minha condenação e prisão são baseadas exclusivamente nas declarações de uma testemunha cuja sentença foi reduzida em troca do que ele disse contra mim”, escreveu o petista na última terça-feira (14).

Na nova versão disponível no site do jornal, Lula diz que “um aspecto fundamental do processo contra mim foi o depoimento de uma testemunha cuja sentença foi reduzida como parte de um acordo judicial”.

Além disso, a publicação norte-americana acrescenta, em nota, que “a afirmação de uma testemunha foi parte fundamental do julgamento [contra Lula], mas não a única prova”.

No texto, Lula denuncia um suposto golpe de direita no Brasil e afirma que a ex-presidente “Dilma Rousseff sofreu impeachment por uma ação que até mesmo seus oponentes admitiram não ser uma ofensa imputável”. O petista também ressalta que foi mandado para a prisão depois de uma julgamento duvidoso, última fase do golpe. (Com informações da agência ANSA)

Comentários

comentários

Carregar mais em Política

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Região de Presidente Prudente soma média de 20 ocorrências/mês de estupro de vulneráveis

Q ualquer ato libidinoso pode ser indiciado como caso de estupro. E, desde setembro 2016, …