Início Destaque Policia Civil esclarece morte de epitaciano em Presidente Prudente

Policia Civil esclarece morte de epitaciano em Presidente Prudente

2,138

A Polícia Civil esclareceu nesta terça-feira (10) o homicídio que vitimou um rapaz de 29 anos em Presidente Prudente e apontou que o crime foi cometido após um encontro agendado por uma sala de bate-papo na internet.

A vítima foi encontrada caída e ensanguentada na Avenida Coronel José Soares Marcondes, no Parque Higienópolis, e até chegou a ser socorrida e encaminhada ao Hospital Regional (HR) para receber atendimento médico. No entanto, não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo a polícia, um homem de 42 anos, que foi localizado e identificado como o autor do homicídio, confessou em detalhes a ação.

Segundo os depoimentos ouvidos pela polícia, no último domingo (8), por volta das 23h, o homem de 42 anos passou a trocar mensagens com o jovem de 29 anos, através da sala de bate-papo pela internet, em Presidente Prudente.

Eles marcaram um encontro, no Parque do Povo, e logo que entrou no carro pelo banco de trás o rapaz de 29 anos encostou uma faca no pescoço do homem de 42 anos, além de uma máquina de choque.

Segundo a polícia, o rapaz exigiu que o motorista trafegasse pela cidade, enquanto entregava a carteira e o aparelho de telefone celular.

O passageiro determinou que o motorista se dirigisse ao prolongamento da Avenida Coronel José Soares Marcondes, o que ocasionou desespero da então vítima do roubo, que acreditou que seria morta por estar seguindo a um local ermo.

Assim, segundo a polícia, o motorista simulou um desmaio e deixou o carro em direção a uma colisão. Ainda conforme a polícia, o suspeito teve de passar sobre o motorista para segurar o volante.

Neste momento, conforme a polícia, o motorista percebeu que a faca estava no banco, apoderou-se da arma e com um golpe para trás acertou o pescoço do rapaz. Com a saída do autor do roubo do veículo, o motorista acelerou o carro para providenciar o próprio socorro médico, já que sofreu diversas lesões pela luta com o assaltante, e só soube da morte do jovem pela imprensa.

De acordo com a Polícia Civil, o autor do homicídio, que foi vítima da tentativa de roubo, permanecerá em liberdade, no aguardo de decisão judicial sobre o caso, pois não existe o preenchimento dos requisitos legais que fundamentem a sua prisão, em razão da “ação excludente”.

Outro assalto

Segundo a Polícia Civil, ainda foi esclarecido nesta terça-feira (10) um crime de roubo que vitimou um homem de 48 anos, em Presidente Prudente, também após marcar um encontro com um desconhecido por uma sala de bate-papo na internet.

No último dia 6 de julho, entre as ruas Rui Barbosa e Sete de Setembro, a vítima, de 48 anos, foi rendida, com o uso de uma faca e uma máquina de choque, após marcar encontro com um desconhecido por uma sala de bate-papo. Houve a consumação do roubo do aparelho celular, de R$ 300 e de uma blusa, após o motorista trafegar com o assaltante no banco de trás do veículo.

Segundo a Polícia Civil, o homem de 48 anos reconheceu “sem nenhuma dúvida”, através de fotografia, o rapaz de 29 anos, vítima do homicídio, como o assaltante que lhe roubou.

Desta forma, a Polícia Civil concluiu que as narrativas apresentadas para os dois casos possuem relação.

Além disso, a Polícia Civil orienta para que eventuais vítimas de roubos com estas características entrem em contato com a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), em Presidente Prudente, ou uma unidade policial de sua cidade para o esclarecimento dos casos.

“Os dois inq

uéritos policiais prosseguirão até o absoluto esclarecimento dos fatos e eventual localização de vítimas ou objetos”, salientou a DIG.

Do G1

Comentários

comentários

Carregar mais em Destaque

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Cientistas encontram em Marte um lugar novo e inesperado que poderia abrigar vida

Os cientistas apontam que uma vez que uma área insuspeitada do Planeta Vermelho possa ter …