A Diocese de Presidente Prudente e o Instituto das Irmãs Carmelitas Mensageiras do Espírito Santo se preparam para iniciar a construção da primeira “Casa de Contemplação e Ano Sabático”, em solo brasileiro.

O projeto do convento tem 1.274 m² e ficará localizado na estrada vicinal Presidente Epitácio / Caiuá, KM 07, em Presidente Epitácio (SP).

A planta da obra foi elaborada pelo arquiteto e urbanista, Luciano Narezi de Brito, que esteve presente na Santa Missa de Acolhida das Irmãs no último domingo (24/01), para explicar sobre o projeto.

“A gente vai fazendo pesquisas, vai entendendo do que se trata e vai se inspirando. Não foi eu que desenhei o projeto, foi Deus, não tem explicação”, afirma o arquiteto e urbanista.

Planta do Convento Carmelita (Luciano Narezi de Brito / Cedida)

A edificação será construída em três etapas que conterá: a capela principal, claustro, recepção, locutório, biblioteca, cozinha e refeitório, lavanderia, hospedaria, oficinas e a capela de Adoração Perpétua.

Visão aérea destaca a frente do convento que ficará no topo de um monte (Luciano Narezi de Brito / Cedida)

De acordo com o bispo diocesano, o local será um Centro de Peregrinação, da qual está idealizado no projeto a construção de um mirante para receber os fiéis em frente ao convento.

 

Fachada do convento seguirá arquitetura linear (Luciano Narezi de Brito / Cedida)

Na fachada, destaca-se a cor marrom da recepção, que remete ao hábito das Irmãs, e o símbolo desenhado na parede, que representa as Carmelitas Mensageiras do Espírito Santo.

“Busquei uma arquitetura muito simples, muito reta, muito linear, para que a paisagem seja mais bonita do que a própria construção. A casa mais bonita que eu vou fazer na minha vida é de vocês!”, enfatiza o arquiteto e urbanista, Luciano Brito.

Convento contará com mirante para receber peregrinos (Luciano Narezi de Brito / Cedida)
Fiéis poderão visitar o local para realizar orações (Luciano Narezi de Brito / Cedida)

O projeto está em fase de elaboração. Em breve, será divulgado aqui na página as fotos do espaço interno da construção.

Início da comunidade

A previsão é de que cinco Irmãs Carmelitas, quatro da Itália e uma do Brasil, iniciem a comunidade na cidade no dia 16 de julho de 2021, em uma casa provisória que está sendo definida.

“A casa estará aberta para acolher cada um de vocês para momentos de oração, de adoração. As Irmãs terão os horários, respeitando a clausura que elas tem própria da vida de clausura constitucional”, afirma a Irmã Raquel Cristina Santana Canôas, superiora geral, durante a Santa Missa do último domingo (24/01).

Uma equipe responsável pela construção da “Casa de Contemplação e Ano Sabático” está sendo formada e as obras devem iniciar em breve. A diocese conta com o apoio de doação dos fiéis nesta missão.

Evandro Marques / Pascom Diocesana

Mostrar mais artigos relacionados
Mostrar mais por Gazeta Ribeirinha
Mostrar mais em Cidade e Região
.