Início Economia Resultados trimestrais da agropecuária apontam crescimento do setor

Resultados trimestrais da agropecuária apontam crescimento do setor

60
Números mostram aumento em cinco das seis áreas pesquisadas em relação ao mesmo período de 2017

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, nesta quarta-feira (9), os primeiros resultados das trimestrais da agropecuária de 2018. Os números revelam que houve um crescimento no abate de bovinos e suínos na comparação com o primeiro trimestre de 2017, que a aquisição de leite chegou ao melhor resultado para um 1º trimestre desde 2016 e que a produção de ovos foi a maior desde 1987. Confira os detalhes dos resultados:

Bovinos

De acordo com o IBGE, no 1º trimestre de 2018, foram abatidas 7,50 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária. Essa quantidade foi 1,4% maior que a do 1º trimestre de 2017. Já a produção de carcaças bovinas foi de 1,83 milhões de toneladas, 1,8% mais em relação ao mesmo período de 2017.

Leia tambémDesvalorização do peso garantem viagens mais baratas à Argentina

Suínos

Nos três primeiros meses deste ano, foram abatidas 10,53 milhões de cabeças de suínos, o que representa um aumento de 0,5% na comparação com o primeiro trimestre de 2017. Em comparação com o mesmo período do ano passado, o peso acumulado das carcaças teve um aumento de 4,3% e alcançou 938,96 mil toneladas.

Frangos

Entre janeiro e março de 2018, foram abatidas 1,47 bilhão de cabeças de frangos. O resultado representa um aumento de 2,6% em relação ao trimestre imediatamente anterior e queda de 2,0% na comparação com o mesmo período de 2017. Já as carcaças o peso acumulado das carcaças foi de 3,47 milhões de toneladas, aumento de 1,7% frente ao mesmo período de 2017.

Ovos

A produção de ovos de galinha foi de 831,31 milhões de dúzias no 1º trimestre de 2018. Essa foi a maior produção já registrada deste o início da série história em 1987 e é 5,2% superior ao apurado no 1º trimestre de 2017.

Leite

A aquisição de leite cru feita por estabelecimentos sob algum tipo de inspeção sanitária teve o melhor resultado para um primeiro trimestre desde 2016: 6,10 bilhões de litros. O valor é 4,1% maior que do 1º trimestre de 2017.

Couro

Os curtumes declararam ter recebido 8,46 milhões de peças inteiras de couro cru de bovinos no 1º trimestre de 2018. Essa quantidade foi 1,4% maior que a registrada no 1º trimestre de 2017. (Portal Brasil)

Comentários

comentários

Carregar mais em Economia

Deixe um resposta

Seu email não será publicadoOs campos marcados são obrigatórios *

Quer mais? Veja isso.

Sem Lula, Bolsonaro lidera corrida presidencial com 20%, diz Ibope

Candidato do PSL é seguido por Marina Silva (12%), Ciro Gomes (9%) e Geraldo Alckmin (7%);…