Encontro aconteceu no Japão, onde acontece a cúpula do G20, e foi marcado por troca de elogios

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu na manhã desta sexta (28) com o presidente norte-americano, Donald Trump. Os dois líderes estão em Osaka, no Japão, para participar da Cúpula do G20. O encontro acontece três meses após a viagem oficial de Bolsonaro aos Estados Unidos e discutiram novamente sobre a situação na Venezuela, além de sanções também a Cuba. Bolsonaro e Trump trocaram elogios e o presidente norte-americano chegou a dizer aos repórteres que faria uma viagem ao Brasil, sem falar sobre datas.

“Na reunião com o Presidente Donald Trump, retomamos assuntos tratados na visita a Washington e introduzimos a idéia [sic] de um acordo de livre comércio para fortalecer ainda mais nossa parceria econômica. Trabalhando juntos, Brasil e EUA podem ter impacto muito positivo no mundo”, declarou Bolsonaro no Twitter.

De acordo com o deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente brasileiro, o pai declarou apoiar Trump desde antes das eleições de 2016, quando foi eleito, e que continuará a apoia-lo na campanha para o pleito do ano que vem.

Espanha

No Twitter, Bolsonaro agradeceu a Espanha pela atuação do país no caso do militar brasileiro que foi apreendido com 39 kg de cocaína em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que pousou no aeroporto da cidade espanhola de Sevilha, nesta terça (25).

“Em primeiro encontro com o Presidente da Espanha, Pedro Sánchez, aproveitei para agradecê-lo pelo modo como as autoridades espanholas estão lidando com o caso dos entorpecentes apreendidos em avião da FAB e reafirmei minha defesa por punição severa para o tráfico”, declarou o presidente.

O sargento da Aeronáutica está preso no país, sem direito a fiança. O militar, que atua como comissário de bordo, integrava a equipe de apoio que viajaria com Bolsonaro até o Japão.

Diário do Poder

Mostrar mais artigos relacionados
Mostrar mais por Gazeta Ribeirinha
Mostrar mais em Política
.