O youtuber Felipe Neto cancelou a participação no evento Educação 360 Encontro Internacional, marcada para a próxima terça-feira (17) no Rio de Janeiro (RJ). As informações são do jornal O Globo.

Segundo comunicado da equipe de Felipe, a decisão foi tomada “devido a ameaças que atentam contra a sua vida e de sua família”. Ainda segundo o comunicado, o youtuber vem recebendo intimidações desde que tomou a iniciativa de comprar e distribuir 14 mil exemplares com temática LGBTQ como resposta a decisão do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, de recolher a HQ “Vingadores – A cruzada das crianças”  da Bienal do Livro devido ter a ilustração de  dois personagens se beijando. A medida gerou diversos protestos e foi revogada pela Justiça.

“Vivo hoje com extensa equipe de seguranças, tanto eu quanto minha família. Estou bem ciente de alguns vespeiros onde mexi e por isso vivo hoje com todas as precauções possíveis.”, disse Felipe ao jornal “Extra”.

Leia a íntegra do comunicado de Felipe:

“Felipe Neto, por meio de sua assessoria de imprensa, comunica que não participará do evento Educação 360, a ser realizado no próximo dia 17 de setembro, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. O influenciador digital, escritor e empresário cancelou a sua palestra “Educação e a Criatividade” devido a ameaças que atentam contra a sua vida e de sua família. Desde a ação que promoveu contra a censura, a opressão e o preconceito na Bienal do Livro – onde comprou e distribuiu gratuitamente 14 mil exemplares com a temática LGBTQ – em um movimento em prol da liberdade de expressão, do amor, da inclusão e da diversidade, Felipe Neto vem recebendo todo tipo de ameaças. Diante do atual cenário e do risco iminente, que inclusive atinge aos seus familiares, o influenciador encontrou-se sem outra alternativa a não ser cancelar a sua participação. “Lamento profundamente a minha ausência no evento, minhas sinceras desculpas a organização, que me convidou, e a todos que aguardavam pela minha participação e pela minha palestra. É estarrecedor que no Brasil, em 2019, um indivíduo seja impossibilitado de se manifestar e lutar contra qualquer tipo de censura e opressão sem ser ameaçado. Quero dizer que continuarei lutando, enfrentando o obscurantismo e a opressão, por todos os meios que me cabem, pela defesa do amor e da união até o fim, até onde for possível e até onde minhas forças e meu coração aguentarem”.

 

Por Isto É

Mostrar mais artigos relacionados
Mostrar mais por Gazeta Ribeirinha
Mostrar mais em Fama
.