Decisão foi do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), no começo do mês

Apesar da pressão das distribuidoras, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) se prepara para regulamentar a venda direta de etanol aos postos, em cumprimento à decisão do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), que no início do mês recomendou a providência. A medida deve provocar uma redução imediata de cerca de 20% no preço final para o consumidor, segundo estimativas do setor sucroenergético. A ANP é a última trincheira das distribuidoras, que atuam como atravessadoras. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

“A ANP vai regulamentar”, informou nesta sexta (11) a Agência Nacional do Petróleo por meio da sua assessoria, ao ser questionada pela coluna.

Em 2009, no governo petista, os distribuidores ganharam um cartório da ANP: a exclusividade na venda de combustíveis aos postos.

Os distribuidores nada produzem, exceto notas fiscais e escândalos de fraude e corrupção investigados em operações da Polícia Federal.

Esse cartório bilionário no comércio de combustíveis, que explora o consumidor, fez dos distribuidores/atravessadores os “novos ricos”.

Diário do Poder

 

Mostrar mais artigos relacionados
Mostrar mais por Gazeta Ribeirinha
Mostrar mais em Economia
.