Agora é preciso adicionar formigas voadoras na lista de insetos que estão aterrorizando algumas partes do mundo em 2020, junto a vespas assassinas, mariposas gigantes e gafanhotos.

O Met Office, serviço nacional meteorológico britânico, divulgou uma imagem de radar que mostrou as formigas sobrevoando a região sudeste do país. “Não está chovendo em Londres, Kent ou Sussex, mas nosso radar diz outra coisa”, informou o departamento no Twitter na sexta-feira (17)

No radar do Met Office surgiu algo que parecia ser chuva, mas um meteorologista da agência afirmou que o tempo estava “seco, quente e ensolarado” naquele momento. A nuvem ficou visível no mapa meteorológico por cerca de duas horas na manhã de sexta.

Os satélites não mostraram nuvens suficientes para produzir chuva na região, segundo a Met Office. Os funcionários da agência suspeitaram que se tratava de insetos pois as partículas não se pareciam com gotas d’água e eram maiores do que elas.

As suspeitas se confirmaram quando os moradores da região começaram a publicar nas redes sociais imagens da nuvem com as hashtags #flyingants (formigas voadoras) e #flyingantday (dia das formigas voadoras).

Também houve relatos da presença dos insetos no leste do Reino Unido, mas eles não apareceram no radar, de acordo com a agência.

As formigas se tornaram uma tradição do verão britânico e muitas pessoas chamam a aparição anual desses insetos de Dia das Formigas Voadoras.

O fenômeno ocorre quando as jovens formigas-rainhas, seguidas pelos machos, deixam seus ninhos para procriar e iniciar novas colônias. As condições meteorológicas precisam estar perfeitas, e é por isso que tantas formigas escolheram voar ao mesmo tempo, de acordo com a Sociedade Real de Biologia (RSB, em inglês).

Apesar de causarem certa irritação, as formigas auxiliam o meio ambiente, afirma a RSB. Elas melhoram a fertilidade do solo e arejam a terra, permitindo que mais água, oxigênio e nutrientes alcancem as raízes das plantas.

Como as formigas não são prejudiciais, a RBS sugere que as pessoas ignorem esses insetos até que eles voem para longe dali por conta própria.

Por CNN Brasil

Mostrar mais artigos relacionados
Mostrar mais por Gazeta Ribeirinha
Mostrar mais em Mundo
.