Mas não há motivos para desacreditar o combinado com Bolsonaro

O presidente americano, Donald Trump, fez um gesto de simpatia ao presidente Jair Bolsonaro, enviando ao Congresso de lá mensagem em que oficializa a intenção de fazer do Brasil “um grande aliado” fora da área de abrangência da Otan (Operação do Tratado do Atlântico Norte), como havia prometido durante visita oficial de Bolsonaro, há um mês. Faltou só materializar a promessa de apoiar o Brasil na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

 

Apesar da descrença de setores da oposição e da imprensa, não há motivos para desacreditar nos acertos de Trump com Bolsonaro.

Jornais dizem que os EUA “não cumpriram barganha” após não incluir o Brasil agora no acordo que põe a Argentina na OCDE. Errado.

A não-inclusão do Brasil no acordo dos EUA com a Argentina para a OCDE não inviabiliza o apoio americano no futuro. Falta materializar.

Diário do Poder

Mostrar mais artigos relacionados
Mostrar mais por Gazeta Ribeirinha
Mostrar mais em Mundo
.