Para o ex-presidente da Anvisa Gonzalo Vecina Neto, a campanha eleitoral neste ano pode ser responsável pela alta de contaminações pelo coronavírus.

Ele disse ao Estadão:

“Como uma parte da campanha é feita no corpo a corpo, com certeza influenciou no aumento. Mas não é só isso. Houve também um relaxamento, com abertura de estabelecimentos que não deveriam abrir (…).

O comportamento das pessoas no exercício da eleição (dia da votação) não teve grande problema. Os cuidados tomados foram bastante adequados. Mas a forma como foram conduzidas as campanhas eleitorais e toda a permissividade, acho complicadas.”

O Antagonista

Mostrar mais artigos relacionados
Mostrar mais por Gazeta Ribeirinha
Mostrar mais em Brasil
.