Temporal foi registrado na noite desta quinta-feira (18). Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em Presidente Prudente choveu 19,4 milímetros e, em Rancharia, foram 21,2 milímetros.

A forte chuva na noite desta quarta-feira (18) causou estragos em várias cidades do Oeste Paulista. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), até às 9h desta quinta-feira (19), a quantidade de chuva registrada em Presidente Prudente foi de 19,4 milímetros. Já em Rancharia, foram 21,2 milímetros.

Estragos

Enfeites de Natal, em Regente Feijó, caíram com os fortes ventos — Foto: Paula Sieplin/TV Fronteira

Enfeites de Natal, em Regente Feijó, caíram com os fortes ventos — Foto: Paula Sieplin/TV Fronteira

Em Regente Feijó, o vento e a chuva derrubaram os enfeites de natal que foram colocados pela Prefeitura em vários pontos da cidade, principalmente na entrada do município. Teve queda de galhos de árvores na curva do padre, onde houve até um acidente. Uma equipe da Energisa esteve no local e informou que houve interrupção no fornecimento de energia.

Em Narandiba, a família da moradora Joice Cirilo teve trabalho para tirar a água que entrou na casa. Ela mora na Rua Isaac Melem, na Vila Melem, e contou que foi um sufoco, porque tem criança pequena.

Em Narandiba, casa na Rua Isaac Melem, na Vila Melem, ficou alagada — Foto: Joice Cirilo/Cedida

Em Narandiba, casa na Rua Isaac Melem, na Vila Melem, ficou alagada — Foto: Joice Cirilo/Cedida

 

Já em Pirapozinho, a moradora Suely Moraes, que mora no Bairro Morada do Sol, disse que essa situação acontece com frequência e que já perdeu móveis e eletrodomésticos por causa da água dentro de casa

Casa no Bairro Morada do Sol, em Pirapozinho, ficou alagada — Foto: Suely Moraes/Cedida

Casa no Bairro Morada do Sol, em Pirapozinho, ficou alagada — Foto: Suely Moraes/Cedida

 

Por meio de nota, a Energisa Sul-Sudeste informou, nesta quinta-feira (19), que as cidades mais afetadas na região pelas ocorrências ocasionadas pelas fortes chuvas na noite desta quinta-feira (18), por volta das 20h, foram Presidente Epitácio e Regente Feijó.

Sendo o município de Regente Feijó a localidade com o maior número de ocorrências. A chuva veio acompanhada com fortes ventos que provocaram quedas de galhos, quedas de árvores e lançaram objetos sobre as redes de energia, ocasionando rompimento de cabos em vários pontos dessas cidades.

Enfeites de Natal, em Regente Feijó, caíram com os fortes ventos — Foto: Paula Sieplin/TV Fronteira

Enfeites de Natal, em Regente Feijó, caíram com os fortes ventos — Foto: Paula Sieplin/TV Fronteira

 

“Desde o início da ocorrência a empresa acionou seu plano de contingência e dezenas de equipes próprias e terceirizadas atuaram em campo durante a noite e madrugada para normalizar o fornecimento de energia em pontos das cidades. Neste momento, as equipes continuam atuando para normalizar ocorrências isoladas dentro da cidade e em áreas rurais”, afirmou a concessionária.

A empresa ressaltou que os clientes podem entrar em contato com a concessionária pelo telefone 0800 7010 326 (ligação gratuita). Além do contato via 0800, os clientes também podem acionar a distribuidora pelo aplicativo Energisa On ou pela Gisa (assistente virtual pelo WhatsApp) pelo número (18) 99120-3365.

“A empresa conta com a compreensão de todos e reafirma o seu compromisso de atuar com segurança e rapidez na regularização do fornecimento para os clientes atingidos”, finalizou.

Enfeites de Natal, em Regente Feijó, caíram com os fortes ventos — Foto: Paula Sieplin/TV Fronteira

Enfeites de Natal, em Regente Feijó, caíram com os fortes ventos — Foto: Paula Sieplin/TV Fronteira

Em Regente Feijó, também houve a queda de árvores — Foto: Paula Sieplin/TV Fronteira

Em Regente Feijó, também houve a queda de árvores — Foto: Paula Sieplin/TV Fronteira

 

Por G1

Mostrar mais artigos relacionados
Mostrar mais por Gazeta Ribeirinha
Mostrar mais em Cidade e Região
.