Homem estava desaparecido desde a manhã desta sexta-feira (31), no distrito de Campinal, em Presidente Epitácio. Causas do afogamento são apuradas.

Uma equipe de mergulhares do Corpo de Bombeiros encontrou na tarde desta sexta-feira (31) o corpo de um pescador, de 47 anos, que estava desaparecido desde o período da manhã no Rio Paraná, em Presidente Epitácio.

As buscas, que também envolveram o efetivo da Marinha do Brasil, duraram sete horas.

Segundo os bombeiros, o corpo foi encontrado por volta das 16h e estava submerso próximo ao local em que o homem costumava pescar.

De acordo com a Marinha, o corpo estava a 12 metros de profundidade, sem coleta salva-vidas, junto a uma rede de pesca.

Os bombeiros foram acionados por moradores do distrito de Campinal, que avistaram um barco à deriva no Rio Paraná, por volta das 9h.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o barco foi reconhecido pelos moradores, que disseram ser de um pescador local.

Ele foi visto no início da manhã no rio e, posteriormente, os moradores só encontraram um chapéu e um chinelo boiando no local, objetos que deduziram pertencer ao pescador.

As causas do afogamento ainda estão sendo apuradas.

Em nota, a Marinha do Brasil salientou, através da Delegacia Fluvial de Presidente Epitácio, que as informações obtidas indicavam que a embarcação havia partido de uma pousada próxima, ao amanhecer, com um tripulante a bordo.

“A Marinha do Brasil se solidariza com os familiares da vítima e informa que instaurará inquérito administrativo para apurar as causas, as responsabilidades e as circunstâncias que envolveram o acidente”, esclareceu.

Do G1

Mostrar mais artigos relacionados
Mostrar mais por Gazeta Ribeirinha
Mostrar mais em Cidade e Região
.